A República dos hipócritas.

Oh, sim, eu estou tão cansado, mas não para dizer que eu não acredito mais em você.

honra ao mérito

Cansaço.

É o sentimento que me ocorre já há algum tempo quando leio as manchetes referentes a Lula e a Lava Jato. Não há mais nada a dizer, só o mesmo ramerrão do ensopado de Lula – amigo de Lula, filho de Lula, sobrinho de Lula, tríplex de Lula, sítio de Lula, barco de Lula. Quem quiser atualize a lista.

Tudo é nada. Escandalização e fumaça engarrafada.

Agora, novamente o repetido sarcasmo do juiz Moro: o anúncio da investigação sobre Lula foi “lançado automática e inadvertidamente”. Mas, já que está, fica. Prisioneiros cumprindo pena por presunção de culpa. Prova ilícita vale, escuta em cela de prisioneiro vale e o juiz natural nada vale. Ao “supremo” é dada a prerrogativa de errar por último. E quem erra por último, ri melhor.

Novamente às favas os pruridos da consciência e o Estado democrático de direito.

O “japonês da Federal” e os procuradores sapateiros indo além das suas tamancas.

Cansaço.

Lula foi presidente por oito anos, deixou o cargo há seis. Em oito anos de mandato quantos contratos foram negociados, quantos bilhões de reais estavam envolvidos? E o que se tem contra Lula? A reforma de um apartamento e obras em um sítio, nenhum dos dois de sua propriedade? Fosse ao menos o caso de um apartamento em Paris ou de um aeroporto particular, vá lá. Mas, um barquinho a remo?

Depois de tantos anos é isso? E é só isso? Isso é prova de honestidade. A quem isso ainda emociona?

Cansaço.

A Lava Jato fez um belo trabalho, estabeleceu de forma didática como o financiamento privado das campanhas eleitorais era o cancro a partir do qual a corrupção generalizada é a sua metástase. A Lava Jato prendeu e processou os que corromperam, os que se corromperam e os que intermediaram a corrupção na Petrobras. Tivemos a chance de passar o Brasil a limpo. Permitimos que todo esse esforço fosse jogado fora devido à confluência do golpismo com a síndrome de abstinência de holofotes. E a Lava Jato passou a ser um bom negócio para os corruptos.

Cansaço.

Nardes, Cedraz, Eduardo Cunha. Coloque esses nomes em uma pesquisa aleatória na internet e veja quantas vezes eles aparecem associados ao termo “envolvimento em propina”. Pois, esses mesmos foram os varões Plutarco que capitanearam o processo de impeachment da Presidente Dilma. Como disse a própria presidente, em outra ocasião: ”estão todos soltos”.

Cansaço.

Youssef acusa Aécio de receber propina, Fernando Moura acusa Aécio de receber propina, Dimas Toledo está vivo e com saúde, pelo menos por enquanto, a Lista de Furnas é de domínio público. Cerveró deixa claro: 100 milhões de dólares para o governo FHC. E nada é investigado.

Cansaço.

A Operação Zelotes envolve grandes conglomerados econômicos e midiáticos e altos dirigentes do CARF- Conselho Administrativo de Recursos Fiscais do Ministério da Fazenda. Bilhões de reais em sonegação de impostos, e a investigação se concentra em um patrocínio ao filho de Lula. Tratar-se-ia de um suborno pago com cinco anos de carência. Caso único em toda a história da humanidade.

Cansaço.

Por fim, as esperanças da nação se voltam para março. Então, novamente, os paneleiros de varanda gourmet. O povo branco de classe média e meia idade, em São Paulo e em Brasília, estará nas ruas pedindo “intervenção militar institucional”. Lá estarão o “vovô metralha”, o “Batman do Leblon” e a peladona “musa do impeachment” e o seu tapa-sexo. Mais um ou outro artista decadente e sub-celebridades de igual glamour.

Oh, sim, eu estou tão cansado, mas não para dizer que eu não sou o vapor barato da república de hipócritas em que você tenta transformar o meu país.

 

PS1: “Vapor Barato” é uma canção composta por Jards Macalé e Waly Salomão. São dela os versos que abrem este texto.

PS2: não existe almoço grátis, o custo da República dos Hipócritas é um país com a sua economia paralisada e milhões de desempregados.

PS3: esta Oficina apoia o Movimento Golpe Nunca Mais.

golpe nunca mais1

 

Anúncios

2 comentários

  1. Violência gera violência. Preparemo-nos para o pior.

    Imagino que ainda levará tempo para que “os homens de boa vontade”, que se orgulham de seu país e de seu povo, solidária e conscientemente adquiram forças suficientes para dar um basta à Besta Fera. E quando isso ocorrer não será pelo voto, provavelmente.

    Nossa incipiente democracia já está totalmente desacreditada. Foi atirada no lixo por aqueles muito bem remunerados servidores públicos do Judiciário, do Ministério Público e da Polícia Federal, em conluio com os bilionários da mídia e outros magnatas entreguistas. E parece que eles não retrocederão de seus objetivos. Ao contrário, a cada dia esticam mais a corda da opressão, mentira e perseguição. E que dane o Brasil, para eles Terra de Ninguém.

    Sonho que essa corda, que esticam, um dia os enforcará. Implacavelmente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s