Quarteirão vazio

Com meus olhos feitos narinas, sigo por essa rua corriqueira, suas esquinas e seus portões perfumados de feijão cozinhando no … Mais

Mal do século

Os dias vêm e vão no movimento das mãos que embaralham as cartas que eu não escrevi. E entre a … Mais

Inúteis borboletas

Quando já não posso ver teu rosto, posto por detrás de panos brancos que, como negros mantos de luto, encobrem … Mais

Etna, a bela

Há um vulcão desapercebido dentro da menina tímida. Mal disfarçado nos gestos contidos, nos modos discretos. Mas vivo. Denunciado no … Mais

Vésper e Selena

No céu noturno e sem nuvens, Vésper segue a Lua, como um cão de rua segue os transeuntes. À distância … Mais

Tatuagem

Talvez eu devesse ter feito uma tatuagem. Algum rabisco ou uma mensagem que me servisse de história. De memória corpórea. … Mais