O povo não é bobo…

A Lava Jato em uma encruzilhada – já não basta apenas prender Lula.

estadao ipsos abr18

A pesquisa Estadão-Ipsos de 14 de abri de 2018 – uma semana após a prisão do presidente Lula – tem resultados para todos os gostos.

Lula ganhou a batalha da comunicação:

  • 55% acreditam que a Lava Jato faz perseguição política contra Lula.
  • E impressionantes 73% acreditam que os poderosos querem tirar Lula das eleições.

Lula perdeu a batalha da comunicação:

  • 57% acham que Lula é culpado das acusações que a Lava Jato lhe impõe.
  • 69% acreditam Lula tem alguma participação em esquemas de corrupção investigados pela Lava Jato.

Lula empatou a batalha da comunicação:

  • 50% dos que emitiram opinião – 47% dos entrevistados – concordam que até agora a Lava Jato não provou nada contra Lula.
  • 46% são contra a sua prisão.

estadao ipsos 1 abr18

Lula sofre um massacre vindo dos meios de comunicação e de formadores de opinião em relação à sua culpabilidade. De espantar seria que a maioria o considerasse inocente. Portanto – Lula venceu – pois, mesmo condenado e preso, Lula está muito longe da execração pública – logo, conserva todo o seu capital político. E pode ter ganho algum.

E que não se estranhe o estranho na pesquisa Estadão-Ipsos. O que se nota também é que o brasileiro está confuso em relação ao que falam para ele e o que ele vê acontecer. E aí começa o estranhamento entre a narrativa e a experiência empírica.

A opinião pública e a opinião publicada começam a se chocar na cabeça do brasileiro. Isso é o que mostram os resultados aparentemente conflitantes da pesquisa Estadão-Ipsos.

Pela narrativa, com Lula preso, o problema da corrupção estaria resolvido no Brasil. Mas a percepção popular é diferente da que é apresentada pelos meios de comunicação de massa. Lula nem é visto como um traidor do seu povo, nem os políticos protegidos pela mídia estão blindados da desconfiança junto aos eleitores. O povo não é bobo…

A Lava Jato ainda ocupa espaço no imaginário popular como uma operação que está passando o país a limpo – mas que ainda há muito o que fazer – 95% dos entrevistados querem, mesmo com Lula preso, que as investigações da Lava Jato continuem. E 91% querem que todos os políticos sejam investigados.

Desconfie-se sempre de porcentagem beirando a unanimidade. Não sei se toda unanimidade é burra, mas toda unanimidade é falsa. São respostas retóricas. Uma boa parte dos entrevistados– algo em torno de 40%, os dados a seguir mostrarão – pouco se importaria se, com Lula na cadeia, a Lava Jato acabasse. Mas isso já não pode mais ser admitido em público.

Os próximos números estão muito abaixo da faixa dos 90% – o que demonstra que o fervor cívico contra a corrupção não é na prática tão forte como o declarado em público. Ainda assim, reforça-se na maioria da população a noção de que a Lava Jato não pegou os corruptos dos partidos que faziam oposição ao PT.

  • 51% dos entrevistados não acreditam que Lula seja mais corrupto que outros políticos e
  • 52% não acreditam que a Lava Jato esteja investigando todos os políticos.

Como até agora só o PSDB esteve fora da Lava Jato, o recado é claro em relação à direção que a maioria da população espera que a Lava Jato tome. O que reforça a hipótese de que alguma carne de tucano será servida aos leões. Não a de Alckmin, com certeza. Esse já está a salvo. Mas o custo, como vimos, foi elevado. Houve uma inversão na opinião da população, em abril de 2016, 66% via a Lava Jato como empenhada em investigar todas as legendas.

Aécio será o primeiro a ser comido? Muito provável.

A pergunta é se será o bastante para manter a imagem da Lava Jato junto à opinião pública. Porque a pesquisa mostrou:  já não basta apenas prender Lula.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s