Macbeth Macunaíma

Vivemos tempos velozes onde tudo que é sólido se desmancha no ar.

macbeth

Há uma personagem que sempre me encantou – Macbeth. Sua grandeza trágica, patética, sua capacidade de trair para alcançar o poder e sua destruição pelas mesmas forças que o levaram até o poder.

A ambição como a dama da tentação: “quando ousaste desejar, foste um homem”.

E as mesmas bruxas a profetizar a derrota final no sortilégio das palavras com que anunciam a glória iminente e certa.

Poucos o representaram tão bem nos tempos velozes que vivemos no Brasil quanto o ex-ministro Joaquim Barbosa.

Mas o Brasil está pródigo em parir um Macbeth Macunaíma a cada queda de um anterior e a pô-los em luta de morte pelo trono, uns contra os outros.

Não me refiro a Michel Temer – traidor, sem dúvida, mas desprovido de qualquer traço de grandeza que o habilitasse ao papel.

Macbeth Macunaíma – Aécio Neves e Eduardo Cunha. E agora Sergio Moro.

O que deve ter pensado Sergio Moro ao ver Alexandre de Moraes ser ungido Ministro do Supremo?

Moro que com a sua Lava Jato abriu os caminhos pelos quais passaram as tropas que derrubaram Dilma e entronizaram Temer – o pequeno vê agora o rei posto tornar herdeiro da coroa aquele que não participou da luta, mas é seu filho.

Assim começa a trama de Macbeth. Temo que assim termine a trama de Sergio Moro.

Lembrou-me Gil Vicente: mais quero asno que me carregue que cavalo que me derrube”.

Mas é Macunaíma que ao fim perde definitivamente sua muiraquitã.

Moro não terá o peito varado pela espada daquele que não nasceu de mulher, não chegará ao poder para ser derrubado – perdeu-o antes de tê-lo. Macbeth Macunaíma, se tornará uma estrela… apagada em algum lugar da nossa bandeira estrelada.

PS1: Partido da Toga – para aqueles que não creem em bruxas, mas sabem que elas existem, mais um sinal – Moro está fora da bolsa de apostas da Folha de São Paulo como candidato a presidente nas eleições de 2018.

PS2: A Oficina agora com filial no Facebook.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s