Não é golpe – probabilidade: 1 X 10.000

Pedaladas, desvio de finalidade e domínio do fato. Quantos parágrafos de quatro linhas são necessários para explicar um golpe?

não

Por que é golpe?

Porque você não é capaz de explicar do que se trata o impeachment.

Quando Collor foi impedido, havia um claro entendimento das razões. PC Farias, tesoureiro da campanha de Collor, montou no governo um esquema de extorsão. E, ainda que através da aquisição de uma risível Fiat Elba ou da manutenção dos jardins da Casa da Dinda, propriedade da família Collor em Brasília, o presidente se beneficiava pessoalmente desse esquema.

Simples assim: Collor era corrupto.

Tente agora explicar por que Dilma está sendo impedida.

O que são as “pedaladas”?

Gastei acima um parágrafo de quatro linhas para explicar o caso Collor.  Tem o dobro de espaço quem se propuser a explicar as tais “pedaladas”.

Se não se explica, é golpe.

Por que o STF faz parte do golpe?

Houve um momento em que o impeachment poderia ser revertido. Um momento crítico. A ida de Lula para o governo. Ministro da Casa Civil

Tudo que se seguiu com a divulgação dos áudios do grampo da presidente deveria ter levado o juiz Sergio Moro a responder um processo. Um jui

E, no entanto, ao contrário, Lula é que foi impedido de assumir o posto por uma liminar de Gilmar Mendes que jamais foi julgada pelo plenário do STF. O que se alegava para tanto?

“Desvio de finalidade”.

Mais um parágrafo ou dois para alguém me explicar o que é “desvio de finalidade”.

Dois parágrafos para quem se habilitar a explicar como trazer alguém da primeira instância para ser julgado na última, sem direito a recurso, pode ser considerado tentativa de obstruir a justiça.

Por que o golpe vai até 2018?

Porque o Rodrigo Janot, o Procurador Geral da República, denunciou Lula por “domínio do fato”.

Janot também denunciou Aécio. Mas Aécio será investigado por Gilmar Mendes e Lula será investigado pelo juiz Tomás de Torquemada.

Pedaladas, desvio de finalidade, domínio do fato. Quantos parágrafos de quatro linhas são necessários para explicar um golpe?

Por que Gilmar Mendes?

O universo é regido pelo acaso. Eventos raros acontecem e encantam nossa imaginação. Cremos haver intenção onde só há coincidência.

Por exemplo, é raríssimo alguém ganhar na Mega Sena sozinho, mas, se houver muitos sorteios, um dia, alguém ganha. Daí a dizer que trata-se de um predestinado é um pulo. Só coincidência.

Digo isso porque me intriga o número de ações relacionadas a interesses político-partidários decisivos para o PT e para o PSDB que acabam por cair nas mãos de Gilmar Mendes. E isso por sorteio.

Vejamos.

Gilmar relatou as contas da campanha eleitoral de Dilma Rousseff e também as do PT. Disso resultou o processo de cassação da chapa ainda a ser decidido e que coloca Gilmar Mendes, agora presidente do TSE, como virtual tutor de Michel Temer.

Gilmar Mendes relatou a liminar que impediu Lula de assumir o ministério, última tentativa bloquear o golpe.

Gilmar Mendes, ministro peessedebista de quatro costados, relatará a investigação de Aécio Neves, o presidente do PSDB.

Como, por sorteio, cada um desses casos poderia ter sido atribuído a outros nove ministros além de Gilmar, resulta que cada ministro teria uma probabilidade de 1 em 10 de ser o relator de pelo menos um desses processos.

Façam as contas.

Gilmar relatar os quatro tem uma probabilidade de 1 em 10.000.

Eventos raros acontecem e encantam nossa imaginação.

 

PS: a possibilidade desta Oficina apoiar o golpe não se mede em números, senão em versos:

Canto Negro – Ah, que ninguém me dê piedosas intenções, ninguém me peça definições!
Ninguém me diga: “vem por aqui”! A minha vida é um vendaval que se soltou, é uma onda que se alevantou, é um átomo a mais que se animou… Não sei por onde vou, não sei para onde vou, sei que não vou por aí!

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s