Presságio

presságio

A insensatez ainda me protege,

mas já se dá por certo

que a razão irá raiar

com a sua escuridão.

O sonho ainda me protege,

mas o pesadelo já me assusta

que a realidade irá raiar

com a sua escuridão.

O passado ainda me protege,

mas o presente já me avisa

que o futuro irá raiar,

traz com ele a escuridão.

A noite ainda me protege,

mas a lua já me alerta

que o dia irá raiar

e, com o sol, a escuridão.

O caminho ainda me protege,

mas o errante que me guia

já pressente que o precipício principia

dentro dele a escuridão.

A esperança já é última,

e a agonia anuncia

que a luz que era prenha

já pariu a escuridão.

O tão perto ficou longe,

o quem sabe será nunca,

o talvez já é certeza

de que o sim agora é não.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s