Dos nomes e das cores do Brasil.

Qual o tamanho do ventre da mãe gentil?

Qual é a sua cor?

Homens brancos, mulheres negras,

mulheres brancas, mulheres índias.

Força e compadrio.

Toda Iracema é Maria Rita de Jesus.

 

Nomes de mulheres:

Gisele e Pinah, Olga e Erundina.

Todas Sônia Braga, todas Rose di Primo.

Todas Amanda, todas amadas.

Todas Ângela, todas anjos.

Zezé, Zuzu e Pagú.

 

Nomes de cores:

verde, amarelo, azul e branco,

preto e vermelho.

 

Nada é cinza e nada é pardo.

Só os gatos noturnos o são.

Tudo é mulato, na ironia trágica do termo.

Marrom é a cor da Terra. Tudo é terno.

Tudo ébano e argênteo. Tudo é cúpreo e dourado.

 

Nomes de famílias:

Orléans e Bragança, Bourbon.

Guimarães apaixonados,

Brizola e Ribeiro, Inácio de Paiva,

Herzog, Lamarca e Marighella.

Matarazzo e Watanabe.

Klein, Lee e Stuart.

Nassif, Jatene e Maluf.

Romério, poetas vários.

De Moraes e de Andrade.

Saraiva conselheiro,

leões e perdidos no mundo.

 

Brasileiro não é gentílico, é profissão.

Somos todos cozinheiros do cadinho do demônio.

Somos todos Silva, somos todos Santos.

Santos como a mãe, como as mães de santo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s